Share Button

SWEEP é um recurso que limpa registros lixo do banco de dados. Quando um registro é excluído (DELETE) ou feito (UPDATE) o firebird mantem uma cópia antiga do registro no arquivo do banco de dados (MEUBANCO.FDB), ainda que esta cópia não seja visualizada ao fazer o SELECT no banco de dados.

Como a remoção de dados do arquivo consome tempo de processamento considerável, o Firebird não o faz constantemente, mas sim, de períodos em períodos. Se a instalação padrão do MEUBANCO.FDB for de 20.000 registro, ou seja, quando atinge este número de registro o banco executa automaticamente um SWEEP do banco de dados (limpa o lixo).

Como ele não escolhe a hora mais adequada para executar o SWEEP, muitas vezes o banco o executa exatamente quando o usuário mais esta precisando acessar o banco. Quando isto ocorre, o banco aumenta o tempo de resposta tornando perceptível ao usuário.

Em instalações de uso intenso, uma possibilidade é desabilitar este processo automático e passar a faze-lo em momento programados. Ex: quando liga a máquina, ou ainda, programada para executar fora do expediente.


*Como desabilitar o SWEEP

gfix -h 0 localhost:c:\dados\meubanco.fdb -user sysdba -password masterkey

Ao desabilitar o SWEEP o banco deixará de fazer limpeza dos registros inválidos, razão que é preciso montar um processo de execute o SWEEP manualmente (obrigatório). Se por o SWEEP deixar de ser feito por um período que acumule muitos registros inválidos, será afetado o desempenho do banco de dados, até que o SWEEP seja executa; Executar o SWEEP quando reinicia o banco de dados, pode ser uma opção bastante interessante.

*Para alterar o SWEEP para 1000

gfix -h 1000 localhost:c:\dados\meubanco.fdb -user sysdba -password masterkey

*Executar SWEEP Manual

gfix -sweep localhost:c:\dados\meubanco.fdb -user sysdba -password masterkey

Em uma estratégia de execução manual, pode gerar um script (uma bat) e registrar a execução no agendador de tarefas para fazer todos os dias a noite quando o uso do banco é baixo, assim irá manter melhor controle sobre a performance do banco durante os períodos de maior atividade.